Valores

Dicas para receber o segundo bebê

Dicas para receber o segundo bebê


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Em geral, a maternidade é mais facilmente assumida quando os pais enfrentam uma segunda gravidez. A mãe já conhece a experiência e pode antecipar os acontecimentos: sabe quando vai se sentir mais incômoda, o que é aquele formigamento que percorre sua barriga, o que comer e quais alimentos evitar, ou como é uma contração.

A chegada de um segundo filho é, portanto, motivo de alegria para toda a família. Porém, essa felicidade que preenche os pais, deve atingir também o primeiro filho, que precisa de atenção e cuidados para não se sentir deslocado.

- É conveniente que expliquemos ao nosso primeiro filho que ele vai ter um irmão ou irmã e quão importante será este pequenino ao longo da sua vida. Será seu companheiro de brincadeira, seu cúmplice, seu espelho no qual se olhará, seu amigo, seu melhor apoio, seu confidente ou seu pano de lágrima.

- Os pais podem falar sobre a gravidez na frente do irmão mais velho, não é necessário esconder conversas sobre exames médicos, ultrassom, compras para o bebê ou seus primeiros chutes. É importante envolvê-lo e fazê-lo participar para que aos poucos compreenda que o bebê cresce dentro do ventre materno e que, quando estiver grande, vai nascer e poderemos conhecê-lo.

- Porém, não é necessário que todas as conversas girem em torno do bebê no caminho, devemos reservar um tempo para brincar, ler ou conversar com nosso primeiro filho.

- É conveniente informar que durante o processo de parto, você não poderá estar no hospital, portanto, informaremos quem cuidará deles nesses dias.

- Se o hospital ou clínica permitir, você pode ir visitá-lo e conhecê-lo. Podemos encorajar a criança a acariciar o bebê e até mesmo segurá-lo com a ajuda de um adulto. Um truque que compartilho com vocês: comprei um presente para o meu filho mais velho e quando ele veio ao hospital para atender o recém-nascido, nós demos a ele, explicando que era um presente que o irmão mais novo lhe trouxe. Sentiu-se muito amado e feliz com seu presente e achou o pequenino muito bom.

- Devemos tentar envolver o irmão ou irmã mais velha nas tarefas e cuidados com o bebê, evitando ficar nervosos porque eles não o fazem muito bem. Nem temos que forçar a situação se eles não quiserem participar.

- Devemos evitar ao máximo mudar as rotinas diárias e sempre reservar um horário do dia para realizar uma atividade com nosso primeiro filho ou filha, para que não sintam que o recém-chegado usurpou seu espaço.

Em todo caso, e mesmo fazendo tudo da nossa parte, é normal que os irmãos mais velhos desenvolvam um certo ciúme do bebê. Algumas crianças são agressivas com os irmãos, outras ignoram o recém-nascido. No meu caso, meu filho mais velho sofreu uma regressão nas habilidades adquiridas, ou seja, às vezes se aliviava de suas necessidades. Essa situação durou alguns meses, mas acabou sendo resolvida.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Dicas para receber o segundo bebê, na categoria Irmãos no local.


Vídeo: 3 DICAS DO QUE NÃO PRECISA COMPRAR NO ENXOVAL DO SEU BEBE + COMO ENCONOMIZAR NO ENXOVAL (Pode 2022).